Bombardeio em estação de trem em Donetsk deixa ao menos 50 mortos


Dois mísseis atingiram estação de trem na região de Donetsk. Foto: Anatolii Stepanov/AFP


Porto Velho, RO -
 Um ataque aéreo a uma estação de trem, na manhã desta sexta-feira (8), em Kramatorsk, na região de Donetsk, leste da Ucrânia, deixou ao menos 50 pessoas mortas. A Ucrânia acusa a Rússia pela autoria do ataque sangrento, o Kremlin nega.

De acordo com a administradora da malha ferroviária ucraniana, informou que o local foi atingido por dois mísseis. No momento das explosões, cerca de 4 mil pessoas aguardavam o transporte na estação para fugir da cidade, segundo afirma o governador da região, Pavlo Kyrylenko.

O governador afirmou que o ataque foi realizado pelas tropas russas, mas o Kremlin e o Ministério da Defesa russo negaram a autoria e afirmaram que não havia missões propagadas para a região nesta sexta-feira.

O governo ucraniano tem pedido, nos últimos dois dias, que a população do leste ucraniano deixe a região, por risco do aumento da ação militar russa.

Os massivos ataques contra a Ucrânia ocorrem diariamente, enquanto os países do ocidente dão continuidade às sanções contra a Rússia.

Nesta semana, A União Europeia anunciou novo pacote de penalidades contra Moscou, incluindo a importação de carvão e de combustíveis fósseis russos.

A Organização das Nações Unidas (ONU) decidiu, nesta quinta-feira (7), retirar a Rússia do Conselho de Direitos Humanos do órgão, em uma votação com 93 países-membros de acordo com a suspensão da nação russa.

Fonte: DP Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu