Já são três os senadores que retiraram a assinatura para instaurar CPI do MEC


Senador Weverton Rocha desiste de apoiar CPI do MEC. (Foto: Alexandre Amarante)

Porto Velho, RO - A lista de desistência dos senadores que aderiram à abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o MEC aumentou neste domingo (10). Weverton Rocha (PDT-MA) retirou seu nome e se tornou o terceiro parlamentar a fazê-lo.

Neste sábado (9), os senadores Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) e Styvenson Valentim (Podemos-AC) anunciaram que desistiram de apoiar a instauração da CPI.

O requerimento de autoria do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) já possuía as 27 assinaturas necessárias para ser protocolado na Mesa Diretora da Casa. Agora, com as desistências, soma 24 parlamentares aderentes.

Randolfe avaliou que dentre os 27 senadores que apoiaram inicialmente o pedido havia adesões frágeis e que buscava uma margem de ao menos duas ou três assinaturas para que o requerimento não ficasse desfalcado e impossibilitado de avaliação da Mesa.

Fonte: DP Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu