ONU suspende Rússia do Conselho de Direitos Humanos por 93 votos


O presidente da Russia, Vladimir Putin. Foto: Valter Campanato/ABr


Porto Velho, RO -
 A Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou, nesta quinta-feira (7), um pedido para suspender a Rússia do Conselho de Direitos Humanos do órgão internacional.

A medida foi aprovada por 93 votos favoráveis dos países-membros, 58 países abstiveram e votaram contra à medida, incluindo Brasil que se absteve e China, que votou contrária à suspensão.

Esta não é a primeira vez que um país é retirado do Conselho de Direito Humanos. O mesmo ocorreu, em 2011, quando a Líbia foi punida por praticar violência contra manifestantes durante o governo de Muammar Gaddafi.

A Rússia anunciou que os países que forem favoráveis ou que se abstiverem da votação serão tidos como “antipáticos” e, possivelmente, sofrerão consequências para laços bilaterais.

Apesar das sanções e da votação na ONU, a Rússia mantém firmes os ataques contra a Ucrânia. O ministério de Defesa russo confirmou que suas tropas atingiram alvos militares nas cidades de Zaporizhzhia, Mykolayiv, Kharkiv e Chuhuiv, na noite desta quarta-feira (6).

Fonte: DP Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu