Parlamentares reagem a ameaça de Lula de ‘incomodar’ suas famílias


Deputado federal José Medeiros )Podemos-MT) - Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

Porto Velho, RO - O plano apresentado pelo ex-corrupto Lula a sindicalistas da Central Única dos Trabalhadores (CUT) de “mapear” as casas dos parlamentares e enviar 50 pessoas para “incomodar a tranquilidade” dos deputados e senadores soou a muitos dos representantes como uma ameaça feita pelo petista.

“Se relar um dedo em minha família melhor fazer seguro de vida, se algo acontecer com meus filhos esse alerta serve para o mandante”, disse o deputado José Medeiros (Pode-MT). Pedir para incomodar a “mulher e o filho” foi a ‘gota d’água’ para um congressista. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

“É para conversar com ele, conversar com a mulher dele, conversar com o filho dele, incomodar a tranquilidade dele”, disse o petista Lula explicitamente.

“Eu acho que surte muito mais efeito do que a gente vir fazer manifestação em Brasília… A gente vai ter que mudar o jeito de pressionar”, detalhou Lula.

Se as casas do “mapa” petista fossem dos ministros do STF, em vez de parlamentares, seria enquadrado no inquérito dos atos antidemocráticos?

Reação no Senado


O senador Lasier Martins (Podemos-RS) também reagiu à fala do ex-corrupto Lula, através do seu perfil no Twitter. Para o político gaúcho, o plano do petista é crime: “coação psicológica, perturbação ao sossego alheio, incitação à violência e desordem pública”.
Fonte: DP Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu