TCE aponta: prefeituras de Rondônia devem quase R$ 24 milhões à Caerd


TCE determina levantamento para apurar responsabilidades pela não cobrança das dívidas


Porto Velho, RO – Dentre as inúmeras situações envolvendo a má-gestão na CAERD, a estatal de águas e esgotos do Estado, estão o endividamento gerado pela não cobrança de dívidas junto às prefeituras municipais. O prejuízo hoje é próximo dos R$ 24 milhões, segundo levantamos feitos pelo Tribunal de Contas do Estado.

A Corte de Contas já determinou a realização de uma tomada de contas especial para quantificar o total do prejuízo causado ao erário, bem como definir a responsabilidade de todos os gestores que direta e indiretamente, dentro de suas consequências, passaram pela estatal e nada fizeram para evita-lo.

Na semana passada, o conselheiro Wilber Coimbra, concedeu mais 120 dias improrrogáveis, à Chefia do Controle Externo conclua a tomada de contas. Pelo menos 23 gestores estão no alvo dessa tomada de contas que teriam se omitido em cobrar as dívidas vencidas das prefeituras do interior.

Ao deferir o prazo, o conselheiro entendeu que o levantamento é complexo devido ao número de pessoas envolvidas e os valores, que demandam em procedimentos extremamente técnicos, mas ressaltou que, caso a tomada de contas não seja concluída no novo prazo, haverá aplicação de multa.

Somente ao presidente da estatal, a multa vai variar entre R$ 3mil a R$ 20 mil.

Fonte: Por Rondoniadinamica

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu