União Brasil pode abandonar negociações por candidatura única


Luciano Bivar, pré-candidato à presidência do União Brasil| Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Porto Velho, RO - O pré-candidato do União Brasil à presidência da República, Luciano Bivar, sinalizou nesta quarta-feira (27) que seu partido pode desembarcar da aliança com MDB, PSBD e Cidadania, que negocia uma candidatura centralizada para a chamada terceira via e promete anunciá-la em 18 de maio. 

Ao jornal O Globo, Bivar apontou que o União Brasil pode apostar numa candidatura própria caso o grupo multi partidário não chegue a um consenso.

Reunião realizada nesta terça não teve avanços e uma próxima negociação entre os partidos envolvidos está prevista para ocorrer na próxima semana. Nos bastidores, integrantes do União Brasil defendem que, por ter o maior fundo eleitoral e o maior tempo de tevê entre os interlocutores, o partido deveria ficar com a cabeça de chapa. 

Se o acordo não sair, a opção pode ser por uma chapa pura. Ainda de acordo com Bivar, "o União Brasil tem uma responsabilidade grande de oferecer uma alternativa e certamente vai oferecer uma alternativa".

Os outros pré-candidatos das siglas envolvidas são Simone Tebet (MDB) e João Doria (PSDB). O Cidadania havia anunciado Alessandro Vieira como nome para a disputa em 2021, mas o senador deixou o partido em março com destino às fileiras tucanas.

Fonte: Por Gazeta do Povo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu