USDA indica elevação nos estoques mundiais de milho em 2021/22


Foto: Wenderson Araujo-Trilux/CNA

O volume dos estoques finais mundiais deverá alcançar 305,46 milhões de toneladas, enquanto o mercado esperava 300,7 milhões

Porto Velho, RO -
 Os estoques finais da safra mundial de milho em 2021/22 deverão subir de 300,97 milhões de toneladas para 305,46 milhões de toneladas. O mercado esperava o volume de 300,7 milhões. Os dados fazem parte do relatório de oferta e demanda mundial de milho para abril do 

Ainda segundo o USDA a safra global 2021/22 de milho foi projetada em 1,210 bilhão de toneladas, ante as 1,206 bilhão de toneladas indicadas em março. A safra dos Estados Unidos em 2021/22 foi mantida em 383,94 milhões de toneladas.

A estimativa de safra brasileira foi elevada de 114 milhões de toneladas para 116 milhões de toneladas, enquanto o mercado estimava uma safra de 115,2 milhões de toneladas. 

A produção da Argentina deve atingir 53 milhões de toneladas, sem mudanças frente ao volume indicado em março. O mercado projetava uma safra na Argentina de 51,9 milhões de toneladas.

A Ucrânia teve sua projeção de safra mantida em 41,9 milhões de toneladas. As exportações do país, por conta do conflito com a Rússia, foram reduzidas de 27,5 milhões de toneladas para 23 milhões de toneladas. A África do Sul teve a safra mantida em 16,3 milhões de toneladas. 

A China segue com sua estimativa de produção projetada em 272,55 milhões de toneladas.

Fonte: Por Agência Safras

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu