Cacauicultura e chocolate artesanal serão destaques na 9° edição da Rondônia Rural Show


Rondônia é o terceiro maior produtor de cacau do Brasil, e fica atrás apenas da Bahia e do Pará

Porto Velho, RO - Com um enorme leque de oportunidades para agregação de valores no processamento do cacau, a cacauicultura e o chocolate artesanal serão atrações da 9° edição da Rondônia Rural Show Internacional (RRS), que acontece em Ji-Paraná, entre os dias 23 e 28 de maio.

O Estado de Rondônia é o terceiro maior produtor de cacau do Brasil, e fica atrás apenas da Bahia e do Pará. Seu parque cacaueiro é composto por uma área plantada de aproximadamente 8 mil hectares de cacau com uma produtividade média de 748kg/ha, envolvendo um público de 4,5 mil agricultores familiares.

Formada em agronomia e pós graduada em chocolataria, Jhanne Franco será uma das expositoras na 9° Rondônia Rural Show. Jhanne trabalha com chocolates bean to bar (expressão vem do inglês e significa “da semente à barra” ou “da amêndoa à barra”), com amêndoas exclusivamente rondonienses, que passam por um processo de qualidade, desde o campo até a produção do chocolate.


Chocolates serão expostos na Rondônia Rural Show

“Há muito o que falar da cacauicultura e da chocolataria fina em Rondônia. Apesar de ser um produto pouco conhecido, tem tudo para ser grande, já que o cacau é nativo da nossa região. Temos aquela mania de achar que o de fora é mais interessante do que o que temos aqui, e na verdade, nós temos um potencial gigantesco de qualidade, sabor e aromas”, disse ela.

REGIONAL E MUNDIAL


Jhanne irá participar da RRS com um workshop sobre produção de chocolates bean to bar, com seus melhores produtos em exposição para o mundo. Ela comenta como a maior feira do agronegócio é importante para a visibilidade, mas ressalta que o público a ser conquistado ainda é o rondoniense.

“É muito bom ter a visibilidade que a Rondônia Rural Show proporciona. Realmente o propósito é ampliar nossas produções para fora do Estado ou do país. Tão importante quanto isso, é o incentivo para quem é daqui, o consumidor local. Quem fica são os consumidores da nossa região, e eles precisam entender que o Estado tem qualidade superior a produtos industriais de outros lugares”, afirmou.

Dentre as ações do Governo do Estado para estímulo a revitalização da cacauicultura em Rondônia está o transporte gratuito de calcário a distribuição de mudas, assistência técnica, controle sanitário, e especificamente a criação do Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Cacau de Rondônia (Concacau). A perspectiva para a cultura do cacau em Rondônia é otimista, principalmente quando se verifica que o cacau é uma planta nativa da Amazônia, compatível com todos os modelos de sistemas agroflorestais.

Fonte: João Antônio Alves Fotos: Irene Mendes e Lari Retratos Secom

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu