Irmãos Carvalho na disputa pelo Senado e Câmara, ex-senador Raupp formata retorno à política regional, ira de Confúcio com Rocha “esquenta” eleições a governador


A íntegra da coluna redigida pelo jornalista Waldir Costa

Porto Velho, RO - Carvalho – A troca da presidência regional do PSDB, para se filiar ao PRB (Republicanos), que tem o presidente da Assembleia Legislativa (Ale), Alex Redano como presidente estadual sinaliza, que a deputada federal Mariana Carvalho tem planos mais ousados que a reeleição. Ela estaria preparando uma pré-candidatura ao Senado e seu irmão, o vice-prefeito de Porto Velho, Maurício Carvalho (União Brasil) se preparando para disputar uma das oito vagas à Câmara Federal, nas eleições de outubro próximo. Mariana tem uma boa estrutura político-administrativa e está disposta a uma missão mais difícil na busca da única das três vagas, que estará na disputa pelo Senado.

Carvalho II – Maurício, além de ocupar o cargo de vice-prefeito da capital desde janeiro de 2021, tem identificações com o eleitorado de Porto Velho, maior colégio eleitoral do Estado, com mais de 330 mil eleitores nas eleições municipais de 2020 (prefeito e vereadores), porque já foi vereador e presidente do legislativo municipal. Dos oito deputados que compõe a bancada federal de Rondônia, quatro são da capital: Mariana, coronel Chrisóstomo Moura (PL), Mauro Nazif (PSB) e Léo Moraes (Podemos). Mariana e Leo pretendem disputar o senado e governo do Estado, respectivamente; Nazif e Chrisóstomo devem buscar a reeleição, portanto o espaço político a pretendentes à Câmara Federal ficará bem aberto, pois dois nomes (Mariana e Léo) de potencial força eleitoral deverão concorrer a outros cargos.

Câmara – Dos oitos deputados componentes da bancada federal de Rondônia, somente cinco estarão em busca de um novo mandato. Estão cotados como pré-candidatos à reeleição Nazif e Chrisóstomo, já citados, além de Lúcio Mosquini (MDB), Expedito Netto (PSD) e Sílvia Cristina (PL). Além de Mariana (Republicanos) e Léo Moraes (Podemos), pré-candidatos ao Senado e governador, respectivamente. A presidente regional do PP, Jaqueline Cassol tem projeto para as eleições de outubro próximo, mas como pré-candidata ao Senado. Portanto Mariana e Jaqueline devem concorrer ao Senado e (Léo) a governador. Três das oito cadeiras estarão vagas e as cinco demais os titulares pretendem concorrer à reeleição. Como a expectativa para eleger um deputado federal em Rondônia é de 80 mil a 100 mil votos a missão não será das mais fáceis a quem busca a reeleição e os novos nomes, que disputarão a Câmara Federal.

Senado – Apesar de não se manifestar publicamente sobre o assunto, crescem os rumores nos bastidores da política, que o ex-senador Valdir Raupp, uma das mais expressivas lideranças do MDB em Rondônia deverá participar da campanha eleitoral deste ano. Raupp já foi prefeito e vereador em Rolim de Moura, governador e senador em dois mandatos seguidos. Até recentemente estava inelegível, mas foi absolvido e tem condições de concorrer nas eleições de outubro próximo. Caso tenha o nome confirmado pelo MDB, partido que ele organizou no Estado, Raupp é mais um nome de força eleitoral comprovada que deverá disputar a vaga de senador, hoje ocupada por Acir Gurgacz.

Governador – O senador Confúcio Moura (MDB), que os mais chegados garantem, que não será candidato a governador em outubro próximo, nos últimos dias tem se movimentado com constância nos bastidores da política. Esta semana um importante assessor do senador estava contatando com o marqueteiro Fred Perillo, que já esteve na campanha vitoriosa a governador de Confúcio em 2014, atuando na área digital. Coincidência ou Confúcio estaria revendo sua posição de não concorrer a governador? Na última semana, ele disse que fará tudo para impedir a reeleição do atual governador, Marcos Rocha (União Brasil), hoje seu maior desafeto político no Estado. Como o MDB não tem candidato e nem federalizou com nenhum outro partido em Rondônia, não seria impossível uma pré-candidatura de Confúcio a governador. Seria uma forma de disputar o comando do Estado diretamente com Rocha, que já foi seu secretário na sua passagem pelo governo do Estado em dois mandatos seguidos. Quem vive verá...

Respigo

Um dos mais importantes empresários do País na área de transporte coletivo, o Sr. Assis Gurgacz, da Eucatur, está completando mais um ano de vida hoje (31), Parabéns e votos de paz, felicidade e saúde a esse pioneiro, que ajudou Rondônia a ser a potência econômica e social de hoje +++ Impressiona a falta de responsabilidade do pessoal da Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) de Porto Velho. Melhoraram os abrigos nas paradas de ônibus urbano às imediações do Colégio Tiradentes, na avenida Chiquilito Erse, mas continuam sem bancos +++ As pessoas de idade e com dificuldades de locomoção sofrem com a displicência dos membros da Semtran, que não se dignam a colocar bancos para as pessoas aguardarem os ônibus, alguns com itinerários demorando mais de uma hora. Além do confuso trânsito na capital, que continua violento, sem orientação e organização+++ A prioridade é punir, multar. É o fim da rosca.

Fonte: Por Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu