O dia 31 de maio na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo



O DIA NA HISTÓRIA - BOM DIA 31 DE MAIO!

HOJE É

Dia Mundial sem Tabaco, Dia do Comissário de Bordo e da Aeromoça, Dia do Aeroporto.

Católicos celebram Dia do Espírito Santo. E lembram Nossa Senhora da Visitação, São Félix de Nicósia

RONDÔNIA

1944 – Pelo decreto-lei federal 6550 o município de Lábrea retorna à posse do Amazonas, deixando de fazer parte do Território Federal do Guaporé que agora fica com três municípios (Porto Velho, Guajará-Mirim e Santo Antônio do Rio Madeira).

BRASIL

1973 – Fundação da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

1997 — Morre, aos 98 anos, Frei Damião, religioso italiano que dedicou mais de 60 ao nordeste brasileiro.

MUNDO

2005 — O agente W. Mark Felt assume que era o “Garganta Profunda” no caso Watergate, que derrubou o presidente Nixon (EUA).

FOTO DO DIA

Uma viagem de trem de Porto Velho a Guajará-Mirim, pela ferrovia Madeira-Mamoré, parando em mais de 20 localidades, levava cerca de 30 horas porque pernoitava em Abunã, a mais de 200 KM.

Mas havia uma viagem bem mais rápida, lógico que com o preço maior do que o cobrado nas velhas composições do trem normal. Era só alugar uma das “rápidas litorinas que fazem em 20 horas esse percurso”, como dizia o cartaz da década de 1940 elogiando a ferrovia.

A litorina, contava o jornalista Rochilmer Rocha, era muito usada pelos jovens quando havia um baile em locais como Jaci-Paraná, a 85 KM de Porto Velho.

Conforme o aposentado Graciliano Maia, foi numa litorina que o coronel Oliveira, responsável pelo espólio da EFMM, na véspera da cerimônia de extinção do trem veio de Guajará. Graciliano veio de carona, cortesia do coronel Oliveira.

Fonte: Por Lucio Albuquerque Jlucioac@gmail.com

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu