Passo a passo Como fazer hambúrguer de costela?


Dicas para fazer um hambúrguer perfeito .| Foto: Gazeta do Povo

Porto Velho, RO - Esse sábado (28) é Dia Internacional do Hambúrguer e que tal comemorar a data em grande estilo colocando a mão na massa? Ou melhor, na carne. Afinal, quem disse que você só pode comer hambúrgueres deliciosos fora de casa? Veja essas seis dicas para você fazer o hambúrguer de costela perfeito e sem erros.

O hambúrguer perfeito pode ser feito com costela moída. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.| Gazeta do Povo

1. A escolha da carne


A carne moída selecionada deve ter cerca de 20% de gordura. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.| Gazeta do Povo

O primeiro passo é escolher a carne moída. Independente da peça utilizada, ela deve ser o mais fresca possível. É preciso que o hambúrguer tenha gordura. E a proporção perfeita é proporcionada pela costela. Por isso, a dica é fazer hambúrguer de costela. Utilize a costela moída, uma opção que pode ser encontrada facilmente e já tem a quantidade ideal de gordura. Caso você opte por outra carne, como a fraldinha, recomenda-se adicionar gordura a ela . Tente chegar a uma proporção de 20% do peso da carne em gordura. Para isso, use um pedaço de bacon por exemplo.

2. Modelando o hambúrguer

Hambúrgueres de 250g e 160g. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

O hambúrguer ideal deve ter entre 160g e 250g. Para quem não tem balança em casa, o hambúrguer de 160g tem cerca de 10 cm de diâmetro e 2 cm de espessura. Se o disco da carne for menor que 160g, corre o risco de ressecar por estar muito fino. Se for maior que 250 g, ele acaba queimando por fora e continua cru por dentro. Outra dica muito importante é não mexer muito na carne, pois a suculência é alterada. A carne também não pode ficar mais do que alguns minutos fora da geladeira, principalmente em dias muito quentes. É recomendado que ela vá direto para a grelha.

3. Hora de temperar


Apenas pimenta-do-reino e sal grosso para temperar. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.| Gazeta do Povo

Sal e pimenta bastam. Além disso, os temperos só devem ser colocados na hora de grelhar ou fritar o hambúrguer, nunca antes. A pimenta e o sal são colocados somente de um lado do hambúrguer. Depois que você vira, não precisa adicionar mais.

4. Grelhar ou fritar?


O hambúrguer na grelha pode ser um pouco mais grosso que o feito na chapa. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.| Gazeta do Povo

Se você quer obter um sabor defumado e semelhante ao churrasco, opte pela grelha. Nesse caso, os hambúrgueres devem ter a espessura um pouco mais grossa. Se escolher a chapa ou a frigideira, prefira os discos mais finos, pois elas retêm melhor o calor. A frigideira não pode ser muito fina. As de ferro ou com fundo triplo são mais recomendadas.

5. O ponto da carne


Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo. | Gazeta do Povo

Mal passado, ao ponto ou bem passado? Isso varia de acordo com o gosto de cada um. Mas o ponto considerado ideal, seja na grelha ou na chapa, é aquele em que a carne fica levemente rosada no centro. Para obter esse resultado, o hambúrguer deve ficar cerca de 4-5 minutos grelhando de cada lado.

6. Finalização

Para finalizar, toste o pão e derreta o queijo junto com a carne. Foto: Letícia Akemi/Gazeta do Povo.

Antes de colocar o hambúrguer no pão e partir para o ataque, é importante cumprir mais duas etapas: tostar o pão e deixar o hambúrguer descansar. Assim, o suco da carne não encharca o pão. O queijo pode ser colocado em cima do hambúrguer dois minutos antes de a carne ficar no ponto.

Fonte: Por Bom Gourmet

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu