Potencializar capacidades individuais é a missão desta associação de proteção à infância


A estrutura física oferecida às crianças e adolescentes foi pensada para potencializar o desenvolvimento de atitudes de socialização, valorização e respeito ao próximo.| Foto: Divulgação/Associação Cedro do Líbano


Porto Velho, RO
- No início eram apenas encontros semanais para para tricotar cobertores a serem doados aos mais necessitados. Mas a medida em que o trabalho foi avançando, algumas mulheres libanesas que moravam na cidade de São Paulo perceberam uma missão: era preciso proteger crianças e adolescentes, capacitando-as para terem um futuro melhor. Nascia ali a Associação Cedro do Líbano de Proteção à Infância.

Nestes 75 anos de trabalho, 60 mil crianças e adolescentes já foram atendidas. Mensalmente passam pelas instalações da Cedro do Líbano pelo menos 2,5 mil crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, da Zona Sul da capital paulista. Todas atendidas gratuitamente.

Sem fins lucrativos o maior objetivo das fundadoras da associação é transformar a realidade local por meio de ações educativas, culturais, socioassistenciais e formativas, levando crianças e adolescentes a impactarem o meio em que vivem, valorizando suas potencialidades para que contribuam com a sociedade.

Desenvolvimento integral

Área verde com pomar e jardim, ginásios poliesportivos, brinquedotecas, teatro, sala de informática, playgrounds, amplas salas de aula, espaços de convivência e atendimento são algumas das instalações oferecidas pela Cedro do Líbano.

E essa diversidade de ambientes não é por acaso ou só por beleza. Segundo Sandra Lutfalla Zarzur, presidente da associação, a estrutura foi pensada para potencializar o desenvolvimento de atitudes de preservação ao meio ambiente, socialização, valorização e respeito ao próximo.

As atividades pedagógicas, recreativas e socioculturais, as crianças e adolescentes são desenvolvidos em sua totalidade, respeitando sempre suas individualidades e singularidades. "A educação é um direito de todos e ajuda no desenvolvimento do indivíduo e, por consequência, da sociedade. Acreditamos que esse é o princípio para uma sociedade mais igualitária e digna”, ressalta Sandra ao contar que os valores da instituição são pautados em princípios éticos e morais.

Oportunidades específicas

Amor, respeito, ética, excelência, comprometimento, dedicação e solidariedade são os pilares que sustentam todos os projetos da Associação. E, mensalmente, 2,2 mil crianças e adolescentes são beneficiadas em diferentes frentes de acordo com necessidades específicas e idade.

Em nove centros de educação infantil, 1.320 crianças entre 0 e 5 anos são atendidas com o estímulo lúdico e integrado por meio de atividades culturais de musicalização, de desenvolvimento motor e psicopedagógico, e trabalho preventivo na área de saúde. Após os 6 anos elas passam a ter atividades recreativas, socioculturais, musicais, esportivas e desenvolvimento artístico, grupos de orientação e desenvolvimento de trabalhos voltados ao convívio social e ao meio ambiente. Aulas de ballet, futebol e judô também são oferecidas, procurando ensinar noções de respeito, ética, cidadania, valorização de equipe.

Já os adolescentes entre 15 e 17 anos, recebem da Cedro do Líbano uma orientação especial para o mercado de trabalho, além de manter o aprendizado sobre cidadania e ética. Nessa faixa etária eles têm a oportunidade de estar em cursos profissionalizantes de informática aplicado às rotinas administrativas, curso para cabeleireiro e manicure, além de gastronomia. E eles podem ver na prática alguns frutos do seu trabalho. "Quem faz gastronomia, por exemplo, prepara receitas que são destinadas para o consumo próprio aqui na Associação", explica Sandra.

Além disso, a Associação é certificada como formadora de Jovem Aprendiz, o que permite que os jovens que se destacam em alguns desses cursos, sejam encaminhados para empresas parceiras. É o caso da Jamilly Narde dos Santos, de 19 anos que foi aluna do profissionalizante de informática e recentemente se tornou funcionária na empresa que a recebeu como aprendiz. “O Cedro me proporcionou todas as experiências e conhecimentos para que eu pudesse realizar bem minhas atividades na empresa. Isso ajudou no caminho para eu ser efetivada”, conta ela.

Como ajudar?

Mantida por doações, bazares, eventos e contribuições anuais das associadas, a associação também tem uma parceria com a Prefeitura de São Paulo e com o Governo do Estado de São Paulo para continuar a desempenhar suas atividades.

Para realização de bazares beneficentes, a associação aceita doações de móveis, roupas, eletroeletrônicos e utensílios diversos, todos em bom estado de conservação e uso. O bazar é realizado semanalmente, todas as segundas-feiras, nos horários 9, 10 e 11 horas, na Rua Guilherme Valente, 131 - Jardim Vergueiro. Para participação é necessário agendamento através do e-mail cedrodolibano@cedrodolibano.org.br ou telefone (11) 5891-1707.

Fonte: Por SIssy Zambão, especial para o Sempre Família
.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu