Bancário e três empresas de Rondônia terão de devolver mais de um milhão de reais por fraude em concessão de crédito


O ex-servidor da Caixa Econômica Federal (CEF) também ficou inabilitado para exercer cargo público por oito anos

Porto Velho, RO – Um ex-assistente de negócios da Caixa Econômica Federal (CEF), agência da avenida Jatuarana, em Porto Velho, e outras três empesas da Capital (uma do ramo de panificação, outra da construção civil e outra da área de frigorífico) foram condenados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ao pagamento de mais de R$ 100 mil em multa e à devolução de mais R$ 1,36 milhão pelos prejuízos causados ao banco.

Uma tomada de contas especial realizada pelo TCU identificou operações de crédito e movimentações irregulares de recursos ocorridas na Agência realizadas pelo funcionário para privilegiar as três empresas através do Adiantamento a Depositante (crédito emergencial) e Excesso Sobre o Limite como modalidade de empréstimo.

Os recursos eram transferidos irregularmente diretamente na conta das empresas.


Os recursos eram liberados para garantir, segundo a Tomada de Contas Especial, para possibilitar a alavancagem de capital de giro e fluxo financeiro para as empresas.

Os sócios das três empresas envolvidas, que participaram ativamente das transações irregulares, responderão pelo dano à entidade bencária. A fraude já foi denunciada à Procuradoria Geral da República (PGR) após investigação da Polícia Federal (PF).

Os prejuízos são alvo de cobrança judicial.

As fraudes ocorreram entre os anos de 2010 e 2011.

Os acusados foram procurados para receber a citação, mas não foram encontrados e acabaram condenados à revelia. Ele vão aresponder em Juízo pela fraude na Justiça Federal.

O ex-servidor da Caixa também foi inabilitado para exercer cargo público por oito anos.

Fonte: Por Rondoniadinamica

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu