COMÉRCIO EXTERIOR Balança comercial tem superávit de US$ 4,9 bilhões em maio




Porto Velho, RO
- A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 4,943 bilhões em maio. O número é 44,7% menor que o saldo do mesmo mês do ano passado. Também é o resultado mais baixo para meses de maio desde 2019.

O saldo é resultado de exportações que somaram US$ 29,6 bilhões em maio (+8% na comparação com maio de 2021) menos importações, que totalizaram US$ 24,7 bilhões no mês (+35,5%).

Por conta da paralisação dos servidores, os números foram divulgados pelo Ministério da Economia apenas nesta segunda-feira (13) e não no primeiro dia útil do mês, como de costume.

O superávit em maio ficou 44,7% menor do que o registrado no mesmo mês de 2021, quando alcançou US$ 8,5 bilhões. No mês passado, a corrente de comércio (soma das exportações e importações) avançou 18,3% e totalizou US$ 54,4 bilhões.

De janeiro a maio, a balança comercial acumula superávit de US$ 25,1 bilhões. O valor é 6,4% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado. Houve um aumento de 20,3% nas exportações e de 29% nas importações do período.

Em maio, na comparação pela média diária de exportações, houve crescimento de 0,2% em Agropecuária, queda de 4,5% em Indústria Extrativa e alta 19,4% em produtos da Indústria de Transformação.

Já nas importações, houve crescimento de 14,5% em Agropecuária, alta de 74,8% em Indústria Extrativa e expansão de 32% em produtos da Indústria de Transformação.

As exportações brasileiras avançaram 8%, totalizando US$ 29,647 bilhões em maio. Esse resultado foi puxado, principalmente, por uma alta de 30,2% na exportação de produtos da Indústria de Transformação brasileira. O setor da Agropecuária avançou 27,1%. Já a venda de produtos da Indústrias Extrativa recuou 3% no mês.

Fonte: Por Estadão Conteúdo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu