Funai gasta 151% mais na proteção a terras indígenas


Sede da Funai

 Porto Velho, RO -  O assassinato de Dom Phillips e Bruno Pereira chamou atenção para Vale do Jaguari, uma das mais remotas regiões de Amazonia e também uma das mais protegidas. Só a Funai investiu R$10 milhões nos últimos três anos, segundo dados oficiais, em ações de proteção dos 8,5 milhões hectares de terras indígenas. Representam aumento de 104% em relação a 2021. Foram gastos também R$82,5 milhões em fiscalização de terras indígenas, ou 151% a mais que nos três anos anteriores.

Desmatamento menor

Caiu 33,4% o desmatamento em terras indígenas de 2019 a 2021, dizem dados de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Presença física

A presença da Funai no Vale do Jaguari se materializa por meio de uma coordenação regional e cinco bases de proteção etnoambiental.

Estrutura de quarentena

Também naquela região há uma estrutura de quarentena para quem obtém licença para visitar terras indígenas.

Fonte: Por Cláudio Humberto

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu