Pesquisa mostra que Sergio Moro pode derrotar Alvaro Dias para o Senado, no Paraná


Ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro. Foto: Isaac Amorim/AG. MJ/Arquivo

Porto Velho, RO
- A mais recente pesquisa do Instituto Big Data no Paraná mostra o ex-juiz e ex-ministro Sérgio Moro (União Brasil) na liderança da disputa pelo Senado, à frente do atual ocupante da vaga, senador Alvaro Dias (Podemos).

Em um primeiro cenário, envolvendo todos os seis pretendentes à vaga, Moro recebe 30% das intenções de voto e Álvaro Dias aparece em segundo lugar com 23%. Paulo Martins do PL e Dr. Rosinha do PT, estão tecnicamente empatados com 6 e 7% dos votos, respectivamente.

Em um segundo cenário, com Moro fora da disputa, Dias lidera com 35% das intenções de voto, seguido por Martins, com 7%.

No Cenário 3, com Alvaro Dias de fora, Sergio Moro atinge 41%, contra 8% de Paulo Martins.

Votos nulos e em branco saltam de 11 para 17% no cenário em que o nome do pré-candidato Moro é retirado da pesquisa, o que também é visto por apoiadores como um sinal de ampla preferência pelos eleitores paranaenses.

“Fico honrado pela confiança recebida do povo paranaense refletida na pesquisa para o Senado”, disse Moro.

A pesquisa foi realizada entre os dias 24 e 25 de junho, com 1.500 eleitores e registrada no TSE sob nº 06518/2022. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

Curiosamente, foi o senador Alvaro Dias quem convenceu o ex-ministro a se filiar a ser partido, o Podemos, para disputar a presidência da República. Mas Moro surpreendeu o mundo político filiando-se ao União Brasil na expectativa de disputar o Palácio do Planalto em melhores condições, tendo em vista o Fundo Eleitoral de quase R$1 bilhão e o tempo de TV. Mas o União Brasil. não lhe deu a legenda para a disputa presidencial, deixando-lhe apenas a disputa para deputado federal. Moro preferiu retornar ao Paraná.

Veja os números da pesquisa para Senador no Paraná:


Fonte: DP Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu