FISCALIZAÇÃO Procon pede que empresa mude embalagem que 'finge' ser leite



Porto Velho, RO
- O Procon em São Paulo solicitou que a empresa Quatá Alimentos modifique a embalagem do soro de leite que vem sendo comercializado com o nome de Bebida Láctea Cristina.

Para o órgão de defesa do consumidor, a embalagem do soro de leite tem apresentação semelhante à do leite, podendo induzir o comprador a erro.

Segundo o Procon, a empresa foi notificada no início do mês para apresentar explicações sobre o problema e, agora, deve ser convocada para fazer as adequações na embalagem para que o consumidor não adquira o soro acreditando que está comprando leite.

Produto


O Procon informou que a fabricante afirmou que o produto não é voltado para lactentes e crianças de primeira infância e que, em sua apresentação, não consta direcionamento para esse grupo.

No entanto, o órgão de defesa do consumidor destaca que a embalagem do soro contém o desenho de uma vaquinha, o que poderia levar o cliente a adquirir o produto achando que é voltado para este público.

Ainda de acordo com o Procon, o uso desse tipo de imagem em embalagens ou rótulos de leites fluidos, leites em pó, leites modificados e similares de origem vegetal é vetado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela lei que regulamenta a comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância.

A Agência Brasil tentou contato com a empresa, mas não obteve sucesso.

Fonte: Por Agência Brasil

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu