Gasolina já caiu 11% desde a limitação do ICMS


Bomba de abastecimento em posto de combustíveis - Foto: Marcelo Camargo/ABr

Porto Velho, RO - A primeira semana de julho acabou com a comprovação de queda de 11% no preço médio da gasolina após aprovação da lei que classifica os combustíveis como bens essenciais e, portanto, limita a alíquota de ICMS em 17%. 

Segundo a ANP, o preço médio da gasolina comum em junho era de R$7,25 e desabou para R$6,49, mesmo com a resistência de alguns Estados, particularmente no Nordeste, que foram à Justiça para impedir que a redução dos preços chegasse aos consumidores.

Na prática


Sem surpresas, o maior preço médio da gasolina é na região Nordeste, onde foram consultados 1.127 postos e o preço chegou a R$8,52.

Resultado da birra


A diferença entre o mínimo (R$5,22) registrado pela ANP e o máximo, verificado no Nordeste onde a lei não é seguida é de incríveis 63%.

Melhorou

O preço do etanol, que já havia caído com a venda direta, também teve impacto positivo com variação de R$4,90 a R$4,52, queda de 8%.

Calcanhar de Aquiles

A principal prova de que a medida é responsável pela queda é o diesel, cuja alteração não influenciou no preço, que subiu de R$7,20 a R$7,52.

Fonte: Por Cláudio Humberto

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu