O Dia na História - BOM DIA 16 DE JULHO!

Por

Lúcio Albuquerque

O DIA NA HISTÓRIA

BOM DIA 16 DE JULHO!

HOJE É

Dia do Comerciante, Dia Mundial da Cobra (ou Serpente), Dia do Porquinho da Índia, Dia do Espinafre
Católicos lembram Nossa Senhora do Carmo, Santa Maria Madalena Postel,

RONDÔNIA

1983 – Com 246 artigos a Assembleia Estadual Constituinte, aprova a I Constituição do Estado de Rondônia, em sessão histórica presidida pelo deputado José de Abreu Bianco.
BRASIL

1930- O Papa Pio XI proclama Nossa Senhora de Aparecida como padroeira do Brasil. 

1934 — Promulgada a nova Constituição e eleito Getúlio Vargas presidente da República. 

1944 — Chega à Itália o 1º contingente da Força Expedicionária Brasileira (FEB), que vai se juntar aos exércitos dos Aliados da Segunda Guerra Mundial. 

 1950 – Quase 200 mil torcedores veem o Brasil perder (1x2) parra o Uruguai, no Maracanã, na final da Copa do Mundo.

MUNDO

622 — Começo do Calendário islâmico, com a fuga do profeta Maomé para Medina (Arábia Saudita).

 1482 - Impresso o 1º Atlas Mundial, desenhado no ano 150. 

 1926 — A revista National Geographic publica as primeiras fotos coloridas do fundo do mar. 

1969 — Lançamento da missão espacial Apollo 11, a 1ª missão tripulada a chegar à Lua.

FOTO DO DIA

Professor de Matemática, jornalista, vereador duas vezes em Porto Velho, membro fundador da Academia de Letras de Rondônia, autor de vários livros, coube ao deputado Amizael Gomes da Silva ser o relator final, em 1983, da primeira (e também da 2ª em 1989) Constituição do Estado, documento que trouxe avanços significativos, principalmente abrindo espaço para que, na Constituinte Federal de 1988, o Ministério Público ganhasse mais destaque. “Amizael Silva, além de político, foi um dos importantes historiadores regionais, autor de vários trabalhos sobre a formação histórica de Rondônia, dentre os quais destacam-se as os livros No Rastro dos Pioneiros, Amazônia Porto Velho, O Forte Príncipe da Beira, Amazônia Sarará, Conhecer Rondônia e Da Chibata ao Inferno” () – onde narra a vinda para Porto Velho, em 1911, de marinheiros deportados depois da Revolta da Chibata). () http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_brasis/maranhao/amizael_gomes_da_silva.htmlj

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu