Venda direta e redução de tributos barateiam etanol


Redução nos preços em 16 Estados verificada pela ANP é referente a semana anterior à redução de impostos articulada pelo governo Bolsonaro

Porto Velho, RO - A redução nos preços do etanol em 16 Estados verificada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) é referente a semana anterior à redução de impostos articulada pelo governo Bolsonaro. Por isso, a tendência é de redução ainda maior no preço do etanol, enquanto a venda direta continua a produzir efeitos no mercado. No Mato Grosso, inclusive na capital Cuiabá, o etanol já é vendido por menos de R$4, queda também observada em Minas Gerais, onde já é vendido por menos de R$4,50.

Diferença grande

Em São Paulo, o preço do etanol caiu mais de 8,4% no último mês, mas o menor preço segundo a ANP foi registrado em Mato Grosso: R$ 4,493.

Queda nacional

A queda verificada no valor do etanol em 16 Estados levou a uma diminuição de 0,75% no preço médio do litro em todo o país.

Regional

Ainda assim, dez Estados e o Distrito Federal registraram alta no preço do combustível. No Centro-Oeste, a capital federal é ponto fora da curva.

Espera-se mais


A queda nos preços ainda é considerada tímida pelos defensores da venda direta. A estimativa é de redução de até 20% no preço na bomba.

Fonte: Por Cláudio Humberto

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu