Gonçalves ganha guerra pelo vice



Porto Velho, RO - Se não houver mudanças de última hora, o chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, deve faturar a queda de braço com aliados pela indicação do seu irmão, Sérgio Gonçalves, como vice-governador na chapa do coronel Marcos Rocha. A escolha do ex-superintendente de Desenvolvimento Econômico causou estardalhaço na base e quase alguns partidos caíram fora da aliança governista. Pelo visto, tudo não passou de ameaça. PSC já havia batido o martelo, e na sexta-feira será a vez do Patriotas e Avante. E quem diria até o Cidadania, ex-casa do professor Vinícius Miguel, rendeu-se aos encantos do governador.

PSD tem quatro nomes para vice

Pelo menos quatro nomes estão em estudo no PSD para formar a chapa com o deputado Léo Moraes no Podemos. Um de Cacoal, dois de Ji-Paraná e um de Vilhena. Na imprensa do Cone Sul, cogita-se o ex-vereador Adilson de Oliveira (PSD), mas há outras opções nos planos da cúpula do PSD. A aliança entre o PSD e Léo Moraes foi firmada na manhã desta quarta-feira em Rolim de Moura, um dia antes da convenção da legenda. O ex-senador Expedito Júnior resolveu abrir mão de sua pré-candidatura ao Senado, mas também não afirmou se apoia a deputada federal Jaqueline Cassol (PP), que forma o arco de aliança com o Podemos.

PL estuda chapa puro sangue


Por enquanto, não há escolha sobre o futuro vice do senador Marcos Rogério. O PTB tem um nome, mas há problemas jurídicos envolvendo a personalidade política apontada pelos trabalhistas. Como não há composições com outros partidos, o PL deve ir de chapa puro sangue, indicando um nome de Porto Velho, na convenção desta sexta-feira.

Lebrinha é chamada de “ladra”

Um vídeo que viralizou nos grupos de whatts no final de semana mostrou o ex-deputado Adriano Boadeiro constrangendo a ex-prefeito de São Francisco, Gislaine Clemente, em um evento público em São Miguel do Guaporé, chamando-a de “ladra” e se ela não tinha vergonha de tal condição. Adriano foi insistente:
“ Seu pai que te ensinou a roubar, né Lebrinha”?

A ex-prefeita ficou calada com a ação de Boiadeiro, afastado em 2011 pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, também acusado de corrupção por fraudar as eleições, na Operação Termópilas. Adriano é novamente pré-candidato a deputado estadual na região da 429, mesma base de Lebrinha e seu pai, Eurípedes Clemente, o Lebrão. Lebrinha e seu pai foram filmados pegando propina de um empresário ligado a coleta de lixo.

Dor de cabeça


O Tribunal de Contas determinou a devolução aos cofres do Estado a importância de R$ 489.258,00 de um certo “Instituto Vontade, Ação & Saúde”, uma misteriosa ONG que funciona em Porto Velho, e que causou prejuízo na organização do “Campeonato Amadorzão 2019”. Não houve prestação de contas dos recursos transferidos pela Superintendência da Juventude, Esporte e Lazer (Sejucel) por interveniência de um parlamentar, que curiosamente utiliza a mesma ferramenta para sua reeleição. A decisão cabe recurso, mas certamente a Promotoria de Justiça de Defesa da Probidade Administrativa já deve estar com os relatórios em mãos para dissipar os possíveis atos escusos do convênio.

Registro de candidatura

Até hoje não havia pedido de registro no site da Justiça Eleitoral de candidatos majoritários, embora já tenham sido homologados em convenção Daniel Pereira (Frente Democrática), Marcos Rocha (União Brasil) e Pimenta de Rondônia (PSOL).

Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu