Usina de Chernobyl está novamente conectada à rede elétrica, afirma a AIEA


Militares russos controlam a usina nuclear de Chernobyl. | Foto: EFE/EPA/OLEG PETRASYUK

Porto Velho, RO - A antiga usina nuclear de Chernobyl, ocupada e controlada por militares russos desde 24 de fevereiro, está novamente conectada à rede elétrica, segundo informou nesta terça-feira (15) o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi.

Em comunicado, a agência nuclear da ONU confirmou que na usina, onde ocorreu o pior acidente nuclear da história em 1986, o fornecimento de energia foi restabelecido na tarde de segunda-feira (14), quando os geradores a diesel foram finalmente desligados. A usina dependia desde 9 de março desses geradores, embora de acordo com a AIEA não houvesse perigo de vazamentos radioativos.

Apesar de a instalação - que não gera mais energia - estar sob controle do Exército russo, ainda é administrada por pessoal ucraniano, mas sem a possibilidade de troca de turnos entre os funcionários.

Por isso, Grossi alertou que o pessoal técnico e de segurança trabalha "sob enorme estresse sem o descanso necessário" em meio à invasão russa da Ucrânia, iniciada no último dia 24 de fevereiro. Além disso, o regulador nuclear ucraniano enfatizou que as informações que a AIEA recebe sobre Chernobyl são "controladas pelas forças militares russas".

Fonte: Por Agência EFE

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu