FIM DO NEGÓCIO Petrobras cancela venda de fábrica de fertilizantes para empresa da Rússia



Unidade de Fertilizantes Nitrogenados, da Petrobras, em Mato Grosso do Sul. Foto: Divulgação/Governo do Estado do MS



Porto Velho, RO
- A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (28) que não irá mais negociar a venda de sua Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-III), em Três Lagoas (MS), para a empresa russa Acron. Em fevereiro deste ano, a então ministra da Agricultura, Tereza Cristina, chegou a confirmar o acordo de venda.Justiça nega suspensão de política de preços da Petrobras pedida por caminhoneiros

“A Petrobras informa que não foi concluído o processo de venda da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III), no município de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, com o grupo russo Acron, tendo em vista que o plano de negócios proposto pelo potencial comprador, em substituição ao projeto original, impossibilitou determinadas aprovações governamentais que eram necessárias para a continuidade da transação”, disse, em nota, a Petrobras.

Com a deflagração da guerra na Ucrânia, o Instituto de Estudos Estratégicos de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (Ineep), alertou que o negócio entre a Petrobras e a Acron corria o risco de ser cancelado.

“O acesso do Banco Central e das empresas russas às suas reservas e a ativos em dólar estão bloqueados e foram cancelados do sistema de pagamento internacional, o Swift. Sem poder movimentar dinheiro, a Acron não pode fechar o negócio, pelo menos por enquanto”, disse, à época, o pesquisador do Ineep, Rodrigo Leão.

Apesar da desistência do negócio com a empresa russa, a Petrobras informou que um novo processo de venda deve ser aberto em breve.

“A companhia está realizando os trâmites internos para encerramento do atual processo de venda e preparando o lançamento de um novo teaser tão logo possível. A previsão é lançar o novo processo já no início de junho”, disse a Petrobras.

Fonte: Canal Rural

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu