Bagattoli diz ter o DNA do bolsonarismo em Rondônia, e não teme demais candidaturas ao Senado




Porto Velho, RO - Em visita ao jornal RONDONIAGORA, o empresário Jaime Bagattoli confirmou sua pré-candidatura ao Senado pelo PL e disse que a população vai reconhecer quem esteve ao lado do presidente da República desde 2018, quando poucos setores políticos não acreditavam em sua vitória. “Vivemos em um país democrático. Podem sair quantos candidatos quiserem, sejam 8, 9 ou até 15 como andam falando por aí, mas quero que o povo entenda que quem esteve ao lado do presidente Bolsonaro e está defendendo até hoje, somos nós”, explicou Bagattoli, reafirmando seu “DNA” com o bolsonarismo.

Sobre o eventual apoio do clã Bolsonaro à deputada federal Mariana Carvalho, Bagattoli perguntou onde ela estava em 2018 e como votou nos assuntos de interesse do Governo Bolsonaro no Congresso Nacional. Da mesma forma, ele referiu-se a deputada federal Jaqueline Cassol, que também anda dizendo no estado que tem o apoio do presidente da República. Em relação ao senador Marcos Rogério, dirigente estadual do PL, Bagattoli explica que o presidente Bolsonaro pediu a ele que se alinhasse com o parlamentar para concretizar sua candidatura. “Estamos conversando e resolvendo essa questão. Nós somos pré-candidatos, vamos confirmar nosso nome e vencer essas eleições para retribuir tudo que Rondônia nos proporcionou nesses mais de 38 anos”, disse ele.

Bagattoli acrescentou que o senador Marcos Rogério nunca escondeu o compromisso político com o ex-senador Expedito Junior, que cedeu seu palanque em 2018 para o parlamentar. “O Marcos Rogério tem um certo compromisso com o Expedito. Ele nunca escondeu, como também não escondeu que nós temos chance de ser candidato ao Senado pelo PL”, esclareceu o pecuarista.

Fonte: Rondoniagora

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu