Coelho renuncia e Fernando Borges assume presidência da Petrobras


José Mauro Coelho, que renunciou à presidência da Petrobras.


Porto Velho, RO - O presidente da Petrobras, José Mauro Coelho, decidiu renunciar ao cargo, de acordo um comunicação da empresa divulgado agora há pouco.

Sua saída antecipa uma situação definida pelo presidente Jair Bolsonaro, que já indicou o substituto do cargo.

No fim de semana, o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), exigiu a renúncia de Coelho.

O conselho de administração da Petrobras se reuniu às 11h e elegeu Fernando Borges para assumir interinamente o comando da empresa, até a eleição e posse do presidente definitivo, Caio Mário Paes de Andrade, indicado pelo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida.

Ao exigir a renúncia imediata de Coelho, Lira disse que ele “trabalha sistematicamente contra o povo brasileiro na pior crise do país”. Para o presidente da Câmara, José Mauro Ferreira Coelho não representava o acionista majoritário da empresa:

“Ele só representa a si mesmo e o que faz deixará um legado de destruição para a empresa, para o país e para o povo. Saia!!! Pois sua gestão é um ato de terrorismo corporativo”, afirmou o presidente da Câmara através do Twitter.

Fonte: DP Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu