Obras na Rodovia do Boi contemplam serviços de drenagem, terraplanagem, galerias, pontes e asfalto


Os trabalhos inicialmente contemplam serviços de limpeza, terraplanagem e construção de galerias

Porto Velho, RO - O passado de atoleiros para quem precisa escoar a produção agropecuária do Sul do Estado está ficando para trás. O Governo de Rondônia está investindo mais R$ 193 milhões no asfaltamento de 84 km da RO-370, a Rodovia do Boi. O serviço, iniciado em abril, era esperado há décadas pela população que atualmente está presenciando toda a obra que irá desenvolver ainda mais o município.


Governo verifica qualidade dos serviços na Rodovia do Boi

“Essa é uma rodovia extremamente importante para Rondônia, pois é por onde passa grande parte da produção agropecuária do Estado. Era uma obra esperada há muito tempo, muitos não acreditavam mais que seria feita, mas o Governo está honrando esse compromisso. São 84 km de asfalto de qualidade que vem sendo executados por empresas que foram contratadas dentro do princípio da moralidade e legalidade. O trabalho em Rondônia não para e essa obra vem para gerar mais progresso para Rondônia”, afirma o governador de Rondônia, Marcos Rocha, que esteve acompanhando o andamento da obra.

As obras estão divididas em cinco lotes, e todos eles estão em execução. Os trabalhos inicialmente contemplam serviços de limpeza, terraplanagem e construção de galerias. As frentes de trabalho são de empresas contratadas pelo Governo de Rondônia e estão sendo fiscalizadas pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes – DER.

“O Governo de Rondônia está entregando muito mais que uma grande obra de infraestrutura para essa região, está entregando um sonho de décadas. O que está sendo feito na Rodovia do Boi é um serviço completo com drenagem, terraplanagem, galerias, pontes e o asfalto”, disse o diretor adjunto do DER, Philipe Rodrigues Maia.


Trafegabilidade difícil, com poeira e atoleiros, na Rodovia do Boi ficará no passado com o asfaltamento

O prefeito de Corumbiara, Leandro Vieira, destacou que a melhoria da trafegabilidade pela Rodovia do Boi era uma das principais demandas do município, e disse estar feliz em ver o Governo atendendo essa necessidade da população. Os deputados estaduais Luizinho Goebel, Rosângela Donadon e Ezequiel Neiva, também estiveram presentes na visita às obras, e parabenizaram o Governo pelo Investimento e sensibilidade em resolver um problema que se arrastava a décadas.

ESCOAMENTO


Galeria está sendo construída em substituição a um antigo tubo armico


A rodovia tem o total de 180 quilômetros de extensão, ligando o município de Corumbiara, região do Cone Sul, ao município de Parecis, na região da Zona da Mata. Os cinco lotes em execução correspondem a cerca de 84 km da estrada partindo de Corumbiara até o Trevo da Pedra em Chupinguaia.

O asfaltamento da Rodovia do Boi tem um grande significado para a economia rondoniense. A região Sul do Estado, além de ser forte na pecuária, o que justifica o nome popular dado a RO-370, também transformou-se em uma grande produtora de grãos, especialmente soja e milho. E essa produção é escoada pela Rodovia do Boi.

POPULAÇÃO



A aposentada Ivanete Alves joga na rodovia 10 baldes de água diariamente para tentar amenizar a poeira

Para a população, o investimento que o Governo está fazendo para pavimentar a Rodovia do Boi significa o fim de um grande sofrimento. A aposentada Ivanete Alves joga na rodovia 10 baldes de água diariamente para tentar amenizar a poeira que invade a residência.

“Aqui é muito sofrido. Moro aqui já tem 30 anos e o asfaltamento dessa rodovia, até então, não passava de promessas. Para amenizar a poeira, eu pego meu balde e jogo água em frente de casa todo dia de manhã e à tarde. Estou até com problema na coluna, mas é o jeito. Se não for assim a poeira suja as minhas roupas no varal. Não é só eu que sofro, mas todos os demais moradores e os caminhoneiros. No período chuvoso, a frente da minha casa amanhece com as carretas paradas, devido a interrupção do trajeto pelos caminhoneiros que têm medo de atolar, dá até dó deles. É muito sofrido para eles também, por isso essa é uma obra necessária, será muito bom, o asfalto vai melhorar a qualidade de vida de todos”.


Funcionário de uma fazenda na Rodovia do Boi Antônio Luiz Rodrigues destaca que asfalto é uma necessidade

O funcionário de uma fazenda localizada na Rodovia do Boi, Antônio Luiz Rodrigues, também conhece bem as adversidades da estrada. “Aqui é poeira até no meio da canela no período de verão, e quando chove é difícil passar por ela. Muitas vezes já ficaram parados aqui na frente muitos veículos, sem condições de seguir viagem. Quem se arriscava, até chegava a quebrar o carro. Essa é a rota principal daqui, passa boi, soja, tudo que é produzido nas linhas rurais, e uma pavimentação bem feita aqui vai melhorar muito”.

O caminhoneiro Marcos Leandro Miranda, há mais de 10 anos, transporta cargas na região, especialmente calcário e grãos. Ele também reforça os obstáculos encontrados por quem tem a Rodovia do Boi no trajeto. “Era muito difícil, tinha atoleiro e muitos buracos. No tempo da chuva, praticamente não tinha como trafegar. Agora com as obras, já está melhor e quando for feito o asfalto vamos gastar bem menos tempo no deslocamento”.


O produtor rural, Nito Gomes, está na expectativa para o asfaltamento da Rodovia do Boi

Morador do distrito de Vitória da União, o produtor rural, Nito Gomes, também está contente com as obras. O asfalto vai transformar a agropecuária da região, dando assim mais condições para o progresso. “Aqui tivemos uma dificuldade muito grande devido a estrada ser péssima, muito atoleiro, o caminhão não aguentava, arrebentava tudo. Chegamos até a parar a produção de leite porque a estrada não oferecia condições. Tinha vezes que não dava para os ônibus vir buscar as crianças do distrito para a escola e do caminhão de combustível chegar até o posto. Mas agora com as obras está melhorando”, disse ele, que tem um rebanho de vacas leiteiras e entrega 100 litros de leite, em dias alternados, em um laticínio no município vizinho. O asfaltamento da Rodovia do Boi deixará um rastro histórico de progresso no Cone Sul de Rondônia.

Fonte: Governo de Rondonia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu