Como saber o tamanho ideal do apartamento?


Espaço precisa refletir as necessidades do dono. Veja como escolher o seu

Porto Velho, RO - Alugar ou ter uma residência própria traz liberdade, autonomia e amadurecimento. Com tantas opções no mercado, porém, é difícil fazer a escolha correta. Há opções para quem vai morar sozinho, com os amigos, com a família ou até se pretende receber muitas pessoas em casa. Então, como saber o tamanho ideal do apartamento?

Será que um apartamento grande é realmente adequado para quem mora sozinho? E o que fazer caso o novo morador queira ter pets? Veja como descobrir se o apartamento à venda dos sonhos é o ideal para as suas necessidades.

Metragem por pessoa

Geralmente, studios e quitinetes têm entre 20 m² a 30 m² e são indicados para pessoas que moram sozinhas, necessitam de pouco espaço e não vão receber muitas pessoas — estes locais têm apenas um quarto. Também não costumam ter separação entre um cômodo e outro para que haja mais aproveitamento do espaço e sensação visual de ambiente maior.

Quem não deseja um apartamento com divisórias, mas gostaria de um local maior deve procurar por um loft. Esse tipo de moradia tem, no mínimo, 50 m², janelas muito amplas e instalações aparentes, estilo industrial.

Já os apartamentos para abrigar um ou dois moradores têm entre 40 m² e 50 m². Eles também não costumam ter mais de um quarto, mas são amplos e permitem receber mais visitas.

Por fim, apartamentos de dois quartos, ideal para casas com três ou quatro pessoas, ficam entre 55 m² e 80 m². Já os de três quartos, ideais para famílias com três filhos ou mais, devem ter de 80 m² para cima.
 
Apartamento x casa

Ao escolher uma residência, é fundamental ter em mente que a utilidade do espaço de um apartamento será totalmente diferente do que acontece numa casa.

No primeiro, o espaço disponível é a área privativa, ou seja, apenas o interior, além dos espaços de uso comum. Pode até haver uma sacada com varanda, mas o ambiente costuma ser mínimo.

Já uma casa pode ter sótão, quintal, jardim, depósito, garagem e outros espaços que, em um apartamento, são considerados de uso comum.

Estilo de vida


Outro fator importante para o tamanho do apartamento é a forma como os habitantes vivem. Quem gosta de receber muitas pessoas em casa pode optar por uma sala e cozinha mais amplas. Já quem fica muito tempo fora vai se adequar melhor a um espaço pequeno, mas com um quarto confortável para o merecido descanso. E quem trabalha no estilo home office pode procurar por um local que tenha um escritório. Assim, quando entrar no espaço, vai saber que o expediente começou.

Um indivíduo que acumula muitos objetos vai precisar de mais espaço, principalmente se quiser reservar um cômodo para armazenar seus itens. Como um apartamento não costuma ter sótão, algum dos quartos pode ser utilizado para guardá-los.

Animais

Quem deseja ter animais também deve ter atenção ao tamanho do apartamento. Mesmo um animal caseiro precisa ter espaço para circular à vontade, sem derrubar móveis.

O ideal é que os animais sejam de pequeno porte. Cães, por exemplo, precisam de espaço e de atividades estimulantes. No entanto, há diversas raças adequadas para um apartamento. Já os gatos são indicados para locais menores e fechados (sendo essencial que as janelas tenham telas para evitar que os bichanos fujam).

Antes de fazer a escolha pelo apartamento, pergunte ao responsável qual a política do condomínio para a presença de animais. Depois, observe se há locais ventilados e com boa incidência de radiação solar para que o pet se sinta confortável.

Móveis

Quem já tem móveis precisa manter ainda mais cuidado com relação ao tamanho do apartamento. Dependendo da extensão da parede, o novo proprietário terá que abrir mão de sofás, armários, fogão e geladeira por outros de tamanho reduzido. Outra ideia é investir em móveis planejados, que serão feitos conforme as medidas do imóvel.
Custo-benefício

Um imóvel maior demanda mais investimentos. Aluguel e condomínio, por exemplo, costumam ser mais caros para esses espaços. Além disso, vai exigir ainda mais com limpeza e decoração. Por fim, se o apartamento for antigo, o proprietário terá que desembolsar mais com a manutenção.

Por outro lado, ele é mais adequado para famílias ou até mesmo pessoas que moram sozinhas, mas desejam receber amigos. Dependendo da política do condomínio, o proprietário também poderá repor o valor do aluguel oferecendo quartos para viajantes.

Fonte: Da redação/Foto: Ilustrativa

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu