JI-PARANÁ Prefeitura lança Programa Família Acolhedora com objetivo é cuidar de crianças e adolescentes


O objetivo é atender crianças e adolescentes afastados, temporariamente, das famílias de origem

Porto Velho, RO - O Programa Família Acolhedora – Projeto Família Ama foi lançado pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), hoje (31), no auditório do Ministério Público de Rondônia (MPRO). O objetivo é atender crianças e adolescentes afastados, temporariamente, das famílias de origem.

O Prefeito de Ji-Paraná Isaú Fonseca falou que o programa vem de encontro à necessidade real do que se tem no abrigo municipal. “Mas a partir do Família Acolhedora, nenhuma criança vai ficar no abrigo com o decorrer do projeto. Pois o objetivo é que eles cresçam em um ambiente de amor e familiar”, assegurou.

A secretária da Semasf, Ana Maria Santos Vizeli, ressaltou que mais um projeto está sendo lançado para auxiliar famílias e crianças. “É um sonho em que todos estamos acreditando que vai funcionar, em Ji-Paraná, porque temos uma equipe preparada, engajada e responsável para fazer com que isso aconteça”, admitiu.

A promotora de Justiça do Ministério Público de Rondônia, Marcília Ferreira da Cunha Castro, informou que o pontapé inicial de uma grande caminhada está sendo dado com o lançamento do Família Acolhedora. “Que sejamos multiplicadores desse importante programa. Que ele seja um ponto de referência para pessoas interessadas em participar”.

As crianças e adolescentes acolhidos serão de 0 a 18 anos, especialmente, aqueles que têm possibilidades de retornar à família de origem, segundo a equipe técnica gestora do programa.

As famílias interessadas em se voluntariar podem se cadastrar no site www.site.ji-parana.ro.gov.br ou entrar em contato com o Semasf pelo telefone 69 3416-4188 ou comparecer na avenida Marechal Rondon, 1380, no centro.

Durante o evento, participaram as entidades apoiadoras do Programa Família Acolhedora – Projeto Família Ama, a promotora do MPRO, Conceição Forte Baena, a juíza da 2ª e 3ª Vara Civil, Ana Valéria de Queiroz Ziparro, assessor jurídico da Comissão do Direito de Família da OAB, Mauro Trindade.

E também a conselheira tutelar, Leandra de Souza Brito, os pastores Sadraque Muniz (Igreja Assembleia de Deus), Sérgio Eduardo Costa (1° Igreja Batista), Paulo César de Meira Lima (Igreja El-Shaday), o comandante do 2° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel PM Barros e o 2° tenente do Corpo de Bombeiros, BM Gerenildo de Oliveira.

Fonte: Por Assessoria/Prefeitura

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu