José Guedes pretende fazer campanha sem utilizar fundo eleitoral


“É ato criminoso os partidos priorizarem a discussão da distribuição do dinheiro ao invés de discutirem os Planos de Governos”

Porto Velho, RO - O pré-candidato a Governador do PSDB e o ex-Prefeito de Porto Velho, José Guedes, decidiu dispensar o fundo eleitoral no caso da aprovação de seu nome na Convenção da Federação PSDB/CIDADANIA.

Segundo explica através de material encaminhado à imprensa, o pré-candidato argumenta que “enquanto os políticos gastam o dinheiro público em suas campanhas eleitorais, o povo passa fome ou enfrenta grandes dificuldades para conseguir a própria sobrevivência e isso é uma vergonha, é um crime”.

Por outro lado, ele afirma que “ao contrário dos discursos de distribuição de renda, essa fortuna ficará com bem poucos, tanto por falta de fiscalização na sua aplicação pelos candidatos, quanto pelas contratações milionárias dos marqueteiros”.

“É ato criminoso os partidos priorizarem a discussão da distribuição do dinheiro ao invés de discutirem os Planos de Governos” – acrescenta Guedes.

Ele finalizou declarando que “diante de tão amplo repúdio da população ao fundo eleitoral, bem como, os avanços tecnológicos disponíveis, inclusive de inteligências artificiais e suas utilizações com sucesso nas eleições no Brasil e pelo mundo afora, não se justifica que as campanhas eleitorais sejam bancadas pelo povo ao custo do sofrimento do próprio povo”.

Fonte: Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu