O DIA NA HISTÓRIA 04 DE AGOSTO!



HOJE É: 

Dia do Padre, Dia do Sacerdote, Dia do Operador de Telemarketing. Católicos celebram São João Maria Vianney, Santa Isabel de Portugal, Santo Ulrico de Augsburgo, Beato Pier Giorgio Frassati e São André de Creta (venerado por ortodoxos).

RONDÔNIA: 

1924 – Em nome da revolução contra o presidente Artur Bernardes, chega a Porto Velho, o capitão Luiz Marinho de Araújo, que assume a Superintendência (prefeitura); dias depois retorna o titular Joaquim Augusto Tanajura. 
1953 – Morre o empresário Percival Farqhuar, líder da construção da ferrovia Madeira-Mamoré. 
1963 – O jornal Folha de Goiaz noticia a viagem de lambreta de Porto Velho a Brasília dos jornalistas Vinícius Danin e Milton Alves, em busca de apoio do Governo Federal para manter aberta a rodovia BR-29. (BR 364)
1983 – O juiz eleitoral Salatiel Soares preside o plebiscito que aprovou a proposta de elevação de Rolim de Moura a município.

BRASIL: 
1948 - Morre Monteiro Lobato, principal autor de obras infanto-juvenis no país. 
1957 – Morre Washington Luís Pereira de Sousa, 13º presidente da República, deposto em 1930 (n. 1869). 
1959 – Maria Esther Bueno é a 1ª, e única, brasileira a vencer um Grand Slam de tênis, em Wimbledon 1977 – A escritora Rachel de Queiroz é eleita para a Academia Brasileira de Letras, primeira mulher a ingressar na ABL.

MUNDO: 
1865 – Lewis Carroll publica o clássico infanto-juvenil Alice no País das Maravilhas. 
1904 – Começa a construção do Canal do Panamá, ligando os oceanos Atlântico e Pacífico na América Central.

FOTO DO DIA: Na edição 296 o jornal Alto Madeira (21.3.1920), noticia a viagem do superintendente municipal (Prefeito) Raymundo Oliveira a Humaitá (AM), durante a Semana Santa. Eleito em 1919 pelo Partido Republicano Conservador, ele era pároco das paróquias de Porto Velho e Humaitá, e também médico, sendo o 3º prefeito da atual capital rondoniense e o 2º a ser eleito. “Em 1917 auxiliou D. João Joffely, bispo do Amazonas, na cerimônia da pedra fundamental da Catedral do Sagrado Coração de Jesus. A 7 de setembro de 1922 o padre/prefeito Raymundo Oliveira inaugurou o obelisco comemorativo da proclamação da Independência” (), cita Antônio Cantanhede em “Achegas para a história de Porto Velho”. Na inauguração, pela 1ª vez uma mulher, a adolescente Labibe Aiéch (depois Bartolo), falou em ato público em Porto Velho, lendo um poema em homenagem à data. () Em frente ao Mercado Cultural.

Fonte: Por Lúcio Albuquerque

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu