Projeto do deputado federal Léo Moraes que cria Ifro em União Bandeirantes é aprovado na Câmara


O campus será destinado à formação e qualificação de profissionais de educação superior, básica e profissional, para atender às necessidades socioeconômicas da região


Porto Velho, RO - A Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (Cetasp) da Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (2), projeto de lei do deputado federal Léo Moraes que cria o campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifro) no distrito de União Bandeirantes, em Porto Velho. Distante cerca de 160 quilômetros de Porto Velho, União Bandeirantes é um dos maiores distritos de Rondônia, com aproximadamente 30 mil habitantes.

O projeto autoriza o Poder Executivo a criar os cargos de direção e as funções gratificadas necessárias ao funcionamento do novo campus, assim como lotar os servidores necessários, mediante a criação de cargos e a transferência e transformação de cargos efetivos vagos dos quadros de pessoal dos órgãos e entidades da administração federal direta, autárquica e fundacional.

De acordo com o deputado, o campus do Ifro de União Bandeirantes será destinado à formação e qualificação de profissionais de educação superior, básica e profissional, para atender às necessidades socioeconômicas da região.

“Entendemos ser extremamente necessário que seja instalada uma unidade do Instituto Federal como forma de levar educação continuada para a população da região, evitando assim a evasão escolar devido à falta de unidades de ensino. A população de União Bandeirantes aumentou bastante nos últimos anos com a migração de agricultores de diversas regiões do estado, devido ao volume de terras produtivas, ao agronegócio e à agricultura familiar”, observou Léo Moraes.

O parlamentar afirma que o novo campus irá contribuir para “melhorar a qualificação dos jovens trabalhadores da região, além de se somar a outros esforços em prol da educação básica da população”. Tanto o Instituto Federal de União Bandeirantes quanto o Instituto Federal de Rondônia - IFRO serão unidades autônomas, porém possuindo o mesmo foco de gestão e desenvolvimento educacional e tecnológico.

Fonte: Por Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu