PF prende aluno para evitar ato terrorista em Universidade Federal


Com a Operação Sicário, PF evita ato terrorista em Universidade Federal de Jataí, em Goiás. Foto: Divulgação PF

Porto Velho, RO - A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (12) a Operação Sicário, em que prendeu um estudante universitário que teria ameaçado praticar e já estaria preparando um atentado terrorista contra a comunidade da Universidade Federal de Jataí, no Sudoeste de Goiás.

Ao todo, 14 policiais federais cumpriram três mandados de busca e apreensão e o de prisão temporária do estudante, que não teve o nome revelado.

A investigação teve início após comunicação da Universidade Federal de Jataí de que um aluno teria feito graves ameaças contra a comunidade universitária.


Durante as investigações, foram constatados fortes indícios que revelaram a iminência de um atentado, pelo que foi necessária ação rápida e efetiva da Polícia Federal.

O investigado poderá responder pela prática do crime de realização de atos preparatórios de terrorismo (art. 5º da Lei n. 13.260/2016), cuja pena pode chegar a 8 anos de reclusão, entre outros que venham a ser elucidados até a conclusão das investigações. (Com informações da Comunicação Social da PF em Goiás)

Fonte: DP Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu