Frente Democrática está mais organizada na sucessão estadual, convenção do PP espera homologar Cassol a governador


A íntegra da coluna redigida pelo jornalista Waldir Costa

Porto Velho, RO - Cacoal – A ex-deputada estadual e ex-prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, comandou o Encontro do MDB + Mulheres Eleitas, realizado no auditório do Hotel Catuaí, que foi pequeno para acomodar o grande número de pessoas, que compareceu ao evento. “Tentaram acabar comigo, mas não conseguiram. Sou guerreira e não desisti. Estou aqui, de pé, firme e pronta”, disse a ex-prefeita que presido o MDB no município. Glaucione é pré-candidata à Assembleia Legislativa e, compõe com o deputado estadual e presidente do MDB de Porto Velho, Jean Oliveira e o presidente da Câmara de Vereadores de Jaru, Luiz Eduardo, o Dr. Luiz do Hospital, os nomes fortes do partido para as eleições gerais de outubro próximo. A estimativa do MDB é contar com no mínimo três deputados na Ale-RO a partir de 2023. Hoje o partido tem Jean Oliveira, vice-presidente do legislativo estadual.

PP – Uma das convenções mais esperadas de Rondônia é a do PP, presidido o Estado pela deputada federal, Jaqueline Cassol, pré-candidata ao Senado. O PP já definiu a convenção para escolha dos candidatos às vagas proporcionais e majoritárias em Rolim de Moura, no dia 5 próximo, último prazo da Justiça Eleitoral aos partidos políticos, das 9h às 13h, no Washington Eventos. Em pauta a escolha das nominatas para as vagas de deputados (federal e estadual), Senado, governador e vice. A expectativa é que o PP poderá ter candidato a governador Ivo Cassol, que governou o Estado em dois mandatos seguidos, caso consiga ser liberado para concorrer às eleições de outubro. Segundo juristas renomados, as possibilidades são enormes com o não enquadramento de Cassol na Lei da Ficha Limpa.

Presidente – O senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que nasceu em Porto Velho tem chances de ser o presidente da República. Caso o presidente Jair Bolsonaro (PL), que é candidato à reeleição, tenha que se ausentar do País, Pacheco assumirá a presidência. É que o atual vice-presidente, Hamilton Mourão, que está filiado ao Republicanos disputará o Senado pelo Rio Grande do Sul. Como não está disputando o mesmo cargo majoritário, ou seja, vice-presidente, não pode assumir a presidência no caso de Bolsonaro tiver que deixar o País, para participar de compromissos internacionais. Quem assume nessas condições é o presidente do Senado, o portovelhense, Rodrigo Pacheco. Rondônia tem condições de ter um presidente da República, nem que seja por alguns dias.

Governadores – Até o último dia para realização das convenções partidárias (5 de agosto) as negociações para a sucessão estadual mobilizam as lideranças em Rondônia. A Frente Democrática (PT, PCdoB, PSB, PV, Solidariedade, Psol, Rede), reforçada com a chegada de o PDT, está mais organizada para as eleições à sucessão estadual de outubro próximo. O pré-candidato da FD ao governo do Estado, ex-governador Daniel Pereira acelera suas ações, pois é o único que já tem vice definido, o ex-deputado federal do PT, Anselmo de Jesus. Os postulantes com maior poderio de voto como o senador Marcos Rogério (PL), o deputado federal Léo Moraes e o governador Marcos Rocha (União Brasil), não têm vices, ainda. Pereira, como é um político experiente, sabe que a indefinição dos adversários favorece a ele. A preocupação maior dos pretendentes ao governo do Estado é saber se o ex-governador, Ivo Cassol (PP) estará ou não em condições de concorrer à sucessão estadual.

Censo – Na segunda-feira (1º) o IBGE estará iniciando a coleta domiciliar do Censo Demográfico 2022 nos 26 Estados e no Distrito Federal. A estimativa é que cerca de 75 milhões de domicílios sejam visitados durante o período de entrevistas. Estarão colhendo os dados 180 mil recenseadores. A previsão para Rondônia é que 534 mil domicílios serão visitados pelos 1.500 recenseadores, que estarão trabalhando até o dia 31 de outubro próximo, nos 52 municípios do jovem Estado. O lançamento oficial em Rondônia ocorrerá na Praça Getúlio Vargas, em frente o Mercado Cultural, área central de Porto Velho a partir das 9h.

Respigo

Na noite de hoje (28) teremos o show de Gusttavo Lima, na 35ª Expoari, que está sendo realizada desde o sábado (23) em Ariquemes. As apresentações do cantor levam multidões por onde passa no cumprimento da extensa agenda de shows nos Estados +++ Quem estará encerrando participação na Expoari é a equipe da Escola do Legislativo, que desde segunda-feira (25) vem oferecendo no estande, dentro da mostra, no segmento Agroari, palestras e oficinas de Fotografia e Libras, pela manhã e à tarde. Nas manhãs, após o café, produtores rurais participaram de palestras sobre o agronegócio +++ Hoje (28) ocorreu palestra na parte da manhã com o tema “Profissão do Futuro – A força do Agronegócio em Rondônia”. O encerramento será amanhã, às 9h concluindo o circuito de cursos e palestras +++ O agronegócio cresce em Rondônia. A região de Cerejeiras, forte produtor de soja e milho do Estado em breve terá o plantio em larga escala de algodão. O investimento é do Grupo Maggi, um dos maiores do Brasil.

Fonte: Por Waldir Costa / Rondônia Dinâmica

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu