Pesquisa confirma que alunos com fluência de leitura têm melhor compreensão


Imagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

Porto Velho, RO - Um estudo feito pela equipe de pesquisadores do Instituto Alfa e Beto (IAB) confirmou que quanto maior é a fluência de leitura, melhor é a compreensão do que se lê. Os estudantes do 2º, 3º e 4º anos do ensino fundamental que leem mais palavras por minuto e com maior quantidade de acertos tiram melhores notas em tarefas de compreensão. Os dados da pesquisa foram publicados na revista científica “Cadernos de Linguística”, da Associação Brasileira de Linguística.

O IAB considera três indicadores para medir a fluência de leitura: velocidade, precisão e prosódia. O indicador de rapidez, que contabiliza palavras lidas por minuto (ppm), tem diferentes escalas, a depender da série e idade do leitor. No final do primeiro ano do ensino fundamental, o ideal é conseguir ler 80 palavras por minuto. Já no fim do quinto ano, espera-se que o estudante leia até 140 palavras por minuto. No 9º ano do ensino fundamental, o ideal é 180 palavras por minuto, a mesma quantidade para adultos.

Apesar da importância do tema e de ser prática consolidada em outros países, alguns educadores brasileiros, principalmente da linha construtivista, ainda desprezam o treino e os testes de fluência no Brasil. Por outro lado, as escolas que os adotam, como as escolas de alta qualidade na educação de Sobral (CE), alcançam níveis avançados de alfabetização.

Fonte: Por Gazeta do Povo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu